Cadastra-se para receber notícias
Comissão de Agricultura

24/08/2005 12:00

Tamanho da fonte

O Rio Grande do Sul é o maior consumidor "per capita" de Flores e Plantas Ornamentais (FPO). No Estado, até o ano 2000, o número de unidades produtivas dedicadas à floricultura teve um aumento de 118% em relação a 1996. A produção de 542 diferentes espécies vegetais, a maioria absorvida pelo mercado gaúcho, já se expandiu para 180 cidades como alternativa econômica à pequena propriedade. Pareci Novo, São Sebastião do Caí, Capela de Santana e Gravataí, municípios tradicionalmente produtores, se converteram em pólos regionais de produção de FPO. Estas são apenas algumas das informações que deverão ser apresentadas pela Associação Rio-Grandense de Floricultura (Aflori) durante reunião ordinária na Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo do Legislativo, que acontece na manhã desta quinta-feira (25), às 9h.

Segundo o presidente da Comissão, deputado Elvino Bohn Gass (PT), a Aflori trará ao encontro dados concretos sobre a inserção e o potencial do setor de floricultura gaúcho para destacar a importância do setor para a economia do Estado. "A Associação também solicitará a construção de uma Central de Comercialização Regional para FPO, nos pavilhões da Ceasa, e a necessidade de estruturação de um Programa Estadual de Floricultura", completou o presidente.

Estarão presentes à reunião representantes da Secretaria de Agricultura (SAA) e Abastecimento e da Central de Abastecimento do RS (Ceasa).

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter