Cadastra-se para receber notícias
Votações

30/09/2005 12:00

Tamanho da fonte

A Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo da Assembléia Legislativo irá encaminhar pedido de urgência para a tramitação do projeto que cria o Fundo Estadual do Leite (Fundoleite) e o que obriga a divulgação de planilhas de custo e preços do produto. O anúncio foi feito pelo presidente da Comissão,Elvino Bohn Gass (PT), na manhã desta sexta-feira (30/09), durante audiência pública que tratou da crise do setor leiteiro, realizada em Tenente Portela, Região Noroeste Colonial do estado.

Após ouvir as manifestações de produtores, sindicalistas e diretores de cooperativas ligadas ao setor, Bohn Gass saiu convencido de que a aprovação dos projetos pela Assembléia Legislativa poderá auxiliar na reversão do quadro. Temos nos reunido com representantes do setor das grandes bacias leiteiras do RS. Os depoimentos são semelhantes e reforçam a necessidade de o Governo do Estado apoiar políticas que fomentem e protejam a cadeia produtiva do leite e os produtores em geral. Os projetos em questão representam um grande avanço neste sentido. Por isso, devem ser votados o quanto antes, justificou o parlamentar.

Os produtores apontaram a variação cambial nas importações/exportações, o excesso de oferta do produto e a estabilidade do consumo de leite como principais causas da queda do preço pago aos agricultores. Bohn Gass acredita que a aprovação do Fundoleite e a obrigatoriedade da divulgação de planilhas de custo e preços permitirá a criação de campanhas institucionais de incentivo ao consumo e também uma maior transparência na formação do preço final com que o produto chega às prateleiras. Fui relator da CPI do Leite há dois anos e um dos problemas apontados em nosso relatório se refere à discrepância entre o alto preço pelo qual o produto é vendido ao consumidor no mercado e o baixo valor pago aos produtores. A divulgação das planilhas elucidará, passo a passo, esta questão, apontou o petista.

O deputado buscará o acordo de líderes no Legislativo para que os dois projetos possam ser votados em plenário o mais breve possível. A aprovação destas matérias pode representar um alento aos produtores e ao setor em geral. Tenho certeza de que nossos colegas de parlamento serão sensíveis à urgência desta situação, finalizou Bohn Gass.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter