Cadastra-se para receber notícias
Animais sacrificados

13/07/2006 12:00

Tamanho da fonte

A Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo do Legislativo (CAPC) vai solicitar ao Fundo de Defesa Sanitária Animal do Estado do Rio Grande do Sul (Fundesa) - que é privado - e ao Fundo Estadual de Sanidade Animal (Fesa), ligado à Secretaria Estadual de Agricultura (SAA), informações sobre os procedimentos que cabem a estes órgãos em caso de detecção de focos de Tuberculose e Brucelose animal nos rebanhos gaúchos.

A idéia, segundo o presidente da CAPC, deputado Elvino Bohn Gass (PT), é saber como estes Fundos farão a indenização dos produtores que tiverem animais sacrificados em caso de infecção pelas doenças. Presentes à audiência pública da Comissão, realizada na manhã desta quinta-feira (13) para debater o Programa Nacional de Erradicação da Tuberculose e Brucelose Animal, agricultores e autoridades ligadas ao campo apontaram a falta de ressarcimento por sacrifício de animais contaminados como o principal obstáculo à adesão ao Programa.

O Programa prevê o credenciamento das propriedades rurais, que passariam a seguir normas como a vacinação de terneiras contra a Brucelose e a realização de testes periódicos nos rebanhos para identificação da Tuberculose. Quando as doenças são detectadas, o abate dos animais é determinado. No entanto, o Programa não determina a destinação de recursos em função deste procedimento. "Embora não haja menção no texto, os agricultores têm o direito de receber pelos animais perdidos e cabe aos Fundos fazerem este pagamento. É uma questão que não pode continuar a impedir o bom andamento de um Programa tão importante. Por isso, estamos questionando os órgãos sobre a atuação neste sentido", finalizou Bohn Gass.

A audiência pública da CAPC foi realizada no Centro de Eventos da AgroShow, em Nova Petrópolis.

Zoonoses
Tuberculose e Brucelose são importantes doenças que atacam rebanhos, especialmente os bovinos, e podem ser transmitidas para os humanos. Fêmeas infectadas pela bactéria causadora da Brucelose podem ter aborto no final da gestação. Em seres humanos, a doença pode atingir diversos órgãos, causando febre. No caso da tuberculose, usualmente, as vias respiratórias são afetadas, podendo levar homens ou animais à morte.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter