Cadastra-se para receber notícias
Enturmação

08/08/2007 12:00

Tamanho da fonte

Economia às custas dos serviços públicos essenciais. Assim o vice-líder da bancada do PT, deputado Elvino Bohn Gass, definiu o projeto do governo Yeda que pretende reduzir turmas do ensino médio estadual, a chamada Enturmação. A manifestação aconteceu na tarde desta terça-feira (07), no plenário da Assembléia Legislativa. Essa é uma medida de gabinete que expõe professores cujas condições salariais e de trabalho já são horríveis, a um nível ainda maior de estresse do que o atual, que é altíssimo, definiu.

Bohn Gass chamou a atenção para a queda na qualidade do ensino público, aumento da evasão escolar e do índice de repetência como conseqüências diretas da enturmação para os alunos. Nesta situação, crê o petista, o atendimento individualizado, a aprendizagem, a verificação dos conteúdos e a interação professor-aluno ficam prejudicados. Em salas de aulas com 50 alunos, o professor passa a ser um mero palestrante diante de uma grande platéia., exemplificou.

O parlamentar disse também que muitas escolas estão com laboratórios de ensino e bibliotecas fechados porque os professores, antes responsáveis por estes setores, estão deslocados para as salas de aula. Em minhas andanças pelo interior, brinquei em uma escola que só faltava o diretor estar na sala de aula. Qual não foi a minha surpresa ao ouvir do próprio que até ele já está dando aulas, contou.

O deputado lembrou ainda que a secretária estadual de Educação, Mariza Abreu, cortou a liberação dos funcionários de escola que atuam em núcleos do CPERS Sindicato e que, no Plano Plurianual, Yeda não prevê nem a reposição da inflação no salário dos professores, mas destina verbas para municipalizar o ensino médio. Esta sucessão de medidas equivocadas mostra que, além de incompetente para manter a qualidade do ensino no RS, este governo economiza às custas da educação pública estadual e de seus servidores. Infelizmente, educação, para a governadora, é despesa e não investimento. Contra esta visão deturpada, pais, alunos, professores e comunidade escolar podem contar com a nossa combatividade, concluiu Bohn Gass.

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter