Cadastra-se para receber notícias
Bohn Gass informa: Brasil e Argentina fecham novo acordo sobre importação de leite em pó

23/11/2011 05:20

Tamanho da fonte

Bohn Gass informa: Brasil e Argentina fecham novo acordo sobre importação de leite em pó

Brasil e Argentina fecharam acordo de cotas e preços para importação de leite em pó da Argentina na última semana em reunião realizada em Punta Del Leste, no Uruguai. O acerto foi assinado por representantes do setor privado dos dois países.

A nova cota de importação será de 3.600 toneladas por mês de leite em pó desnatado e integral, volume inferior ao exigido inicialmente pelos argentinos de 5.000 toneladas, mas é maior que o limite em vigor até o momento, de 3.300 toneladas mensais. A partir de novembro as cotas passam a valer com duração de um ano.

Este é o terceiro acordo que Brasil e Argentina firmam para regular o comércio do produto entre os países. O primeiro foi fechado em 2009. Em 2010, na renovação, estabeleceu-se a atual cota de 3.300 toneladas mensais de exportações argentinas de leite em pó para o Brasil.

 

Além de uma cota e um preço mínimo para o comércio de leite em pó entre os dois países, o novo acordo pretende ampliar o diálogo setorial entre o Brasil e a Argentina. Para isso, serão realizadas reuniões trimestrais ao longo do próximo ano para discutir as questões relativas à integração produtiva entre os países e perspectivas para o mercado internacional de leite e derivados.

 

A produção de leite no Brasil avançou de 20,5 bilhões de litros em 2001 para 28 bilhões em 2010. A cadeia produtiva é uma das mais importantes da agricultura familiar devido a sua capacidade de geração de renda e agregação de valor à produção. Os agricultores familiares que produzem leite também são atendidos por políticas de compras públicas do Governo Federal, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

 

Fonte: site Portal Dia de Campo / Inez De Podestà

 

 

 

 

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter