Cadastra-se para receber notícias
VEJA AQUI OS 10 PRIMEIROS BOLETINS / DE 6 A 10 DE ABRIL / DO COMITÊ POPULAR EM DEFESA DE LULA E DA DEMOCRACIA

10/04/2018 05:25

Tamanho da fonte

VEJA AQUI OS 10 PRIMEIROS BOLETINS / DE 6 A 10 DE ABRIL / DO COMITÊ POPULAR EM DEFESA DE LULA E DA DEMOCRACIA

Boletim 01 – Comitê Popular em defesa de Lula e da democracia

Direto de São Bernardo do Campo – 06/04/2018 – 12h

 

1. Lula passou a noite no sindicato, rodeado de antigos e novos operários do ABC. No berço do novo sindicalismo brasileiro o ex-presidente Lula recebeu, na noite de ontem, centenas de novos e velhos companheiros. Um gigantesco cordão humano se espremeu até as 3h da manhã abraçar o ex-presidente.

 

2. Lula fez questão de receber pessoalmente a solidariedade de milhares de pessoas. Às 3h dirigiu-se à janela, onde acenou aos manifestantes que não conseguiram adentrar a sede histórica. Depois dormiu no próprio sindicado. A partir das 7h, voltou a receber o apoio e solidariedade de grupos que se dirigem ao ABC.

 

3. Cercado de amigos, dirigentes partidários, parlamentares e militantes, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está sereno, ciente da sua inocência e de que é vítima de uma perseguição judicial de natureza política e sem precedentes na história do Brasil.

 

4. O presidente recebeu o apoio de intelectuais e artistas. Anna Muylaert lidera o time que presta solidariedade a Lula no sindicato. Junto com Muylaert estão Tata Amaral, Laís Bodanzky, Chico Cesar, Ailton Graça, Celso Frateschi, Petra Costa, Taciana Barros, Thaíde, entre muitos outros. Também ligaram para o presidente e manifestaram solidariedade Chico Buarque, Fábio Assunção e Ana Cañas.

 

5. Juristas trazem solidariedade a Lula. José Eduardo Cardoso e Carol Proner, rodeados por mais duas dezenas de juristas, também se concentram ao lado do presidente, onde manifestaram solidariedade e denunciaram o absurdo jurídico que se tornou a perseguição contra Lula.

 

6. O povo não para de chegar. As milhares de pessoas que estão diante da sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, sabem muito bem o significado deste local e conhecem a história de luta que nasceu ali em meados dos anos 1970.

 

7. São Bernardo do Campo é o berço do projeto político que mudou a história do Brasil ao elevar – pela primeira vez em cinco séculos – o nosso povo à condição de protagonista e construtor do seu destino. A excelência desse projeto foi reconhecida mundialmente e, sobretudo, aprovada seguidamente pelo conjunto do povo brasileiro, que deu ao Partido dos Trabalhadores quatro vitórias consecutivas nas eleições presidenciais.

 

8. A condenação de Lula é baseada em mentiras, fraudes e distorções das normas legais. O seu pedido de prisão também viola preceitos fundamentais e viola frontalmente o direito à ampla defesa.

 

Comitê Popular em defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 01 – 06/04/2018 – 12h

 


 

Boletim 02 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de São Bernardo do Campo – 06/04/2018 – 14h30

 

1. Lula esteve reunido com as coordenações das frentes Povo Sem Medo e Brasil Popular. Ouviu de Guilherme Boulos e Gilmar Mauro mais que uma mensagem de solidariedade: ouviu que os movimentos sociais estarão com Lula até o fim em sua busca por justiça. Lula é inocente. Os que o condenaram querem impedir o povo brasileiro de levar o seu melhor presidente de volta ao Planalto.

 

2. As ruas no entorno do sindicato se enchem. Milhares de brasileiros, homens e mulheres, vindos dos quatro cantos do País, se postam em frente ao sindicato histórico, prometendo defender o presidente. Dirigentes de movimentos sociais se revezam no carro de som discursando para o povo que chega.

 

3. A imprensa internacional desmascara a cobertura parcial e odiosa da mídia brasileira. Jornais do mundo escancaram em suas edições a condenação política do presidente.

 

4. A família do ex-presidente acompanha tudo ao seu lado. Todos se mostram serenos. Dentro da sede do Sindicato dos Metalúrgicos o clima é de solidariedade e indignação. A bateria do Levante Popular da Juventude toca e canta músicas em protesto contra o pedido de prisão do ex-presidente.

 

5. Dirigentes políticos do PCdoB, PSol, PCO, PDT e PSB também estão na sede do sindicato e condenaram o pedido de prisão de Lula.

 

6. A mídia progressista de todo o mundo a faz cobertura alternativa em suas redes.

 

7. Solidariedade internacional. Diversos líderes mundiais têm expressado sua solidariedade e apoio a Lula, tais como Adolfo Perez Esquivel, Jean-Luc Mélenchon, José Mujica, Rafael Correa, Evo Morales, Nicolás Maduro, Ricardo Lagos, Cristina Kirchner, Fernando Lugo, José Miguel Insulza, Manuel Zelaya e outros.

 

Comitê Popular em defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 02 – 06/04/2018 – 14h30

 


Boletim 03 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de São Bernardo do Campo – 06/04/2018 – 21h

 

1. Cada vez mais Lula sente o carinho e a disposição da militância para defendê-lo da maior injustiça já cometida na história do Brasil. Mais de 15 mil pessoas estão na frente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, não vão deixar esse local e muito mais gente chegará ao longo da noite.

 

2. Neste sábado, a partir das 9h, haverá uma missa em homenagem à memória da lutadora Marisa Letícia, que completaria 68 anos neste 7 de abril e faleceu no contexto de um massacre midiático e judicial contra o seu companheiro por mais de quatro décadas.

 

3. O ex-presidente Lula vai se manifestar durante a missa que vai homenagear sua companheira de 43 anos de união.

 

4. A defesa de Lula continua usando todos os instrumentos jurídicos disponíveis para impedir que ocorra a prisão ilegítima do maior líder popular do planeta na atualidade.

 

5. Em Buenos Aires, Montevidéu, Caracas, Lisboa, Paris e outras cidades ao redor do mundo ocorreram atos públicos nesta sexta-feira em defesa da democracia e de Lula.

 

Comitê Popular em defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 03 – 06/04/2018 – 21h

 


Boletim 4 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de São Bernardo do Campo – 07/04/2018 – 8h45

 

1. Lula novamente recebeu centenas de pessoas na noite de ontem. Companheiros e companheiras de todo país vieram prestar solidariedade. Hoje acordou disposto e tomou café da manhã com a família.

 

2. A partir das 9h30 será realizada uma missa em homenagem à companheira Marisa Letícia, a militante que fez a primeira bandeira do PT e que lutou ao lado de Lula por um Brasil e um mundo justos e igualitários durante 43 anos.

 

3. Após a missa teremos um espetáculo musical com grandes artistas que também são lutadores do povo brasileiro: Leci Brandão, Maria Gadú, Flávio Renegado, Tulipa Ruiz, Xênia França, Aíla, Thaíde, Rico Dalasam, Fioti, Eduardo Brechó e outros.

 

4. Ainda na sexta-feira (6), parlamentares e líderes políticos e sindicais argentinos cobraram do governo Maurício Macri a convocação extraordinária, em caráter de urgência, da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) para discutir a crise no Brasil, diante da ruptura da cláusula democrática do órgão com o pedido de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva baseado em um processo fraudulento e sem que lhe seja garantido o amplo direito à defesa.

 

5. Uma delegação de parlamentares e dirigentes sindicais da Argentina chegará ainda nesta manhã a São Bernardo do Campo para prestar solidariedade e reforçar a defesa da democracia e de Lula.

 

6. A Rede Globo, maior inimiga da democracia brasileira desde que foi criada em 1965, embora fale sempre em legalidade como se fosse um bastião do respeito às leis, tem usado reiteradamente – sem autorização prévia e/ou sem dar os devidos créditos – em suas transmissões, especialmente no canal Globo News, imagens geradas pela TV dos Trabalhadores (TVT) e por veículos da imprensa alternativa, como Jornalistas Livres e Mídia Ninja.

 

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 4 – 07/04/2018 – 8h45

 


Boletim 5 – Comitê Popular em Defensa de Lula e da Democracia

Direto de São Bernardo do Campo – 07/04/2018 – 19h10

 

1. Lula decidiu se apresentar voluntariamente para cumprir a pena ilegal e ilegítima que lhe impuseram. Sua decisão foi anunciada em discurso após a missa em homenagem a sua companheira de 43 anos, Marisa Letícia, que completaria 68 anos neste 7 de abril.

 

2. O ex-presidente saiu do palanque para os braços do povo. Literalmente. As mais de 30 mil pessoas que testemunharam in loco o histórico discurso carregaram Luiz Inácio numa imagem que já corre o planeta.

 

3. Algumas horas após o final do ato, a multidão não saiu da frente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. O povo que ocupa a sede da entidade sentou-se na frente de todas as portas e saídas para os carros, impedindo que Lula saísse em direção à sede Polícia Federal em São Paulo. A cena emblemática sintetiza a determinação do povo brasileiro em proteger o seu maior líder de sofrer uma injustiça sem precedentes.

 

4. A direção nacional do PT dialogou com o Judiciário para inibir qualquer sanção que dificultasse ainda mais a situação de Lula. Por volta das 18h50 Lula deixou a sede do sindicato.

 

5. Em Curitiba, cidade onde estão os títeres dos Estados Unidos que destruíram a economia brasileira e comandaram a perseguição judicial contra Lula, a militância do PT já reúne mais de 500 pessoas que aguardam a chegada do ex-presidente.

 

FRASE:

“Moro sonhou que a prisão de Lula seria sua própria consagração; em vez disso, levou a imagem de Lula carregado pelo povo para todo o planeta. Os medíocres são assim; se veem como gigantes enquanto são esmagados pelos que realmente conquistaram a grandeza”. Pablo Villaça

 

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 5 – 07/04/2018 – 19h10

 


Boletim 6 – Comitê Popular em Defensa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 08/04/2018 – 11h30

 

1. Lula cumpre decisão judicial e passou da condição de vítima de perseguição judicial para a de preso político. Ele chegou a Curitiba às 22h e quando o helicóptero que o trazia pousou na sede da Polícia Federal já havia milhares  pessoas lá para apoiá-lo.

 

2. O ex-presidente Lula ficou na companhia do advogado Cristiano Zanin Martins durante um longo período. Ele dormiu tranquilamente e  foi bem tratado pelos agentes do local. Continua sereno e tranquilo. Sua força vem do carinho do povo e ela alimenta de volta esse sentimento.

 

3. A vigília em Curitiba de apoio ao maior presidente da nossa história será permanente. Já estão sendo agendadas visitas de líderes internacionais. Até o dia em que Lula for solto, milhares de pessoas passarão todos os dias pelo local que Sérgio Moro esperava que ficasse conhecido apenas como a cidade onde Lula cumpriu pena, mas na verdade se tornará um marco de peregrinação para todas as pessoas do Brasil e do mundo que lutam por justiça, democracia e pelo respeito aos direitos fundamentais.

 

4. Essa imagem – de milhares de pessoas expressando a solidariedade a um preso político na frente do local onde ele cumpre pena de forma ilegal e ilegítima – escapou aos cálculos do juiz Sérgio Moro, o mesmo que, durante uma palestra de uma hora na Câmara dos Deputados, citou os Estados Unidos 15 vezes*. Para tristeza dos interesses ianques e da direita fascista do Brasil, Sérgio Moro transformou Lula num mártir vivo, num símbolo do que as elites são capazes de fazer para impedir que o povo seja tratado com respeito e dignidade pelos governantes.

 

5. Por falar em fascismo, a Polícia Federal mostrou a sua truculência na mesma hora em que o helicóptero com Lula pousava. Mais de duas dezenas de pessoas – inclusive crianças e idosos – se feriram com o ataque da PF com bombas de gás. Há toneladas de vídeos e fotos na Internet que expõem ao mundo o nível de violência da polícia brasileira. Foi registrado boletim de ocorrência no 4º Distrito Policial de Curitiba e a seção paranaense da Ordem dos Advogados do Brasil vai acompanhar o inquérito que será aberto na segunda-feira para apurar o caso.

 

6. Às 15h de hoje, em Curitiba, será realizada uma entrevista coletiva – com transmissão ao vivo pela Internet – sobre a violência da PF contra a vigília e outros assuntos relacionados à defesa de Lula.

 

7. Ao longo do dia são esperadas muitas caravanas de apoiadores de Lula vindas de várias cidades ao redor de Curitiba. Somente do estado de Santa Catarina já estão confirmadas mais de mil pessoas.

 

8. O juiz Sérgio Moro, os procuradores da Operação Lava-Jato e os policiais federais de Curitiba pensaram que seriam os carcereiros de Lula, mas na verdade vão ser os carteiros do povo brasileiro para o maior símbolo da luta popular que já existiu no Brasil. Cartas para o Lula podem ser enviadas ao seguinte endereço:

 

Superintendência Policia Federal

Para Luiz Inácio Lula da Silva

R. Profa. Sandália Monzon, 210 - Santa Cândida, Curitiba/PR

CEP: 82640-040

 

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 6 – 08/04/2018 – 11h30

 


Boletim 7 – Comitê Popular em Defensa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 14h30 – Mudança no horário da coletiva da presidenta Gleisi Hoffman em Curitiba. Será às 16h30

 

ATENÇÃO:

Mudança no horário da coletiva da presidenta Gleisi Hoffman em Curitiba. Será às 16h30 na Vigília Democrática em Defesa do Presidente Lula.

Transmissão AO VIVO: www.facebook.com/pt.brasil e outras páginas

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

 


Boletim 8 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 09/04/2018 – 9h

 

1. “Não sairemos daqui sem Lula”. Essa é a orientação da presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, sobre a duração da Vigília Democrática #LulaLivre nas cercanias da Polícia Federal em Curitiba, onde o ex-presidente é mantido como preso político.

 

2. O advogado Cristiano Zanin reuniu-se com Lula neste domingo e relatou que o mesmo está tranquilo, embora bastante indignado com a injustiça que está sofrendo. Zanin acredita que o ex-presidente será libertado em breve. “Isso não é compatível com a nossa legislação. Nem a condenação, tampouco a prisão para o cumprimento antecipado de pena”, garantiu o advogado.

 

3. A Executiva Nacional do PT terá reunião às 14h desta segunda (9) na sede do PT do Paraná em Curitiba.

 

4. A apresentação musical da cantora Ana Cañas emocionou e inspirou o público da vigília. E o ato político, do qual participaram diversos parlamentares, juntamente com a presidenta Gleisi Hoffmann, serviu para fortalecer a certeza de que Lula é um preso político.

 

5. O mundo está acompanhando com atenção e perplexidade o que acontece no Brasil neste momento. Olímpio Cruz, que foi Secretário de Imprensa do governo Dilma Rousseff, fez um balanço sobre a cobertura da mídia internacional. “A foto de Lula, cercado por uma multidão em frente ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, tirada por Francisco Proner, foi distribuída pela Reuters para todo o mundo e reproduzida em jornais influentes, como o inglês The Guardian e o canadense The Globe and Mail [além do norte-americano The New York Times e do espanhol El País]. (...) O material produzido pelas principais agências de notícia – Associated Press, Reuters, Bloomberg, AFP, EFE, DW e Prensa Latina – ganhou o mundo”, listou o jornalista.

 

6. Nesse contexto, a única presidenta legítima do Brasil até 31 de dezembro fará uma série de palestras na Espanha e nos Estados Unidos nos próximos dias. Nesta terça-feira (10), Dilma falará na Casa de América em Madri. Na quinta-feira (12), no Colégio de Advogados, em Barcelona. Nos Estados Unidos, Dilma fará conferências em universidades da Califórnia. Berkeley, no dia 16, Stanford, no dia 17, e Universidade Estadual de San Diego, no dia 18. Fiquemos atentos.

 

7. Durante show em Buenos Aires, na noite de domingo, a cantora Elza Soares denunciou a golpe contra a democracia brasileira e a tentativa de prisão “dos nossos sonhos”. O público do Centro Cultural Néstor Kirchner respondeu em peso: “Lula libre! Lula libre! Lula libre!”. O vídeo está na internet.

 

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 8 – 09/04/2018 – 9h

 


Boletim 9 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 09/04/2018 – 13h30

 

1. Esta segunda-feira começou com dezenas de caravanas chegando de todo Brasil. Já somos mais de mil entre acampados e pessoas que estão aqui em horários diversos. Antonio Nunes Oliveira, que trabalha como porteiro no centro de Curitiba, disse que não pode ficar aqui durante todo o tempo, mas garantiu que estará conosco todos os dias entre 7h e 10h da manhã. “É pouco perto de tudo que Lula fez pela gente”, declarou, emocionado e determinado.

 

2. Às 10h30 recebemos a visita de Manuela D’Ávila, deputada estadual no Rio Grande do Sul e pré-candidata a presidenta do Brasil. Ela veio acompanhada de diversos dirigentes do PCdoB. Também estiveram aqui os deputados federais Zé Geraldo (PT-PA), Décio Lima (PT-SC) e os líderes do PT na Câmara, Paulo Pimenta (PT-RS), e no Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ). O ex-deputado federal Angelo Vanhoni, do PT-PR, também está na vigília hoje.

 

3. Manuela discursou emocionada. Incentivou as pessoas a virem a Curitiba e lembrou do zelo que o presidente Lula teve com todos que o rodeavam mesmo nos momentos mais tensos em São Bernardo do Campo. “Lula passava nas salas perguntando aos funcionários se todos estavam sendo alimentados. Mesmo nessa hora ele nos confortava”, contou a pré-candidata do PCdoB.

 

4. Tivemos um incidente que mostrou mais uma vez a cara do fascismo da direita brasileira. Um provocador aproximou-se de Manuela, vindo da sede da Polícia Federal e por muito pouco não agrediu a deputada. Manuela, Lindbergh e Pimenta exigiram que a polícia identificasse o fascista e o mantivesse afastado do acampamento, que segue em clima de paz e companheirismo, sentimentos que a direita desconhece.

 

5. Daqui a pouco, a partir das 14h, começa a reunião da executiva nacional do PT, na sede do partido em Curitiba. Na pauta, os desdobramentos das ações em defesa do ex-presidente Lula. A presidenta Gleisi Hoffmann informou que a sede oficial do PT nacional durante este período será em Curitiba. Dr. Rosinha, presidente do PT-PR, tem organizado os comitês de recepção e solidariedade a todos que estão chegando.

 

5. Às 18h será realizado um novo ato político na Vigília Democrática #LulaLivre em Curitiba, com as presenças de todos os dirigentes e parlamentares do PT que estão na cidade.

 

6. Ao longo das próximas duas semanas, Dilma Rousseff, Manuela D’Ávila e Guilherme Boulos vão percorrer vários países denunciando o que está acontecendo no Brasil.  A imprensa internacional segue atônita e denunciando a prisão política de Lula.

 

Comitê Popular em defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 9 – 09/04/2018 – 13h30

 


Boletim 10 – Comitê Popular em Defensa de Lula e da Democracia

Direto de Curitiba – 10/04/2018 – 10h45

 

1. A terça-feira (10) começou com uma assembleia, às 9h30, no acampamento da Vigília Democrática #LulaLivre com a participação de centenas de pessoas que já estão na resistência em Curitiba conosco.

 

2. Às 10h30 tivemos uma reunião com o Secretário Nacional de Combate ao Racismo do PT, Martvs das Chagas. Na pauta, o debate sobre a agenda “O Brasil que o Povo Negro Quer” e a Intensificação na luta pela libertação de Lula.

 

3. Às 11h temos reunião com dez governadores, dirigentes de cinco partidos (PT, PC do B, PDT, PMDB e PSB) e o presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas. Os governadores presentes ao ato e que vieram a Curitiba para visitar Lula são: Tião Viana (Acre), Rui Costa (Bahia), Camilo Santana (Ceará), Fernando Pimentel (Minas Gerais), Wellington Dias (Piauí), Flávio Dino (Maranhão), Renan Filho (Alagoas), Jackson Barreto (Sergipe) e Paulo Câmara (Pernambuco).

 

4. Às 18h haverá um novo ato político na Vigília Democrática #LulaLivre

 

5. Nesta quarta-feira (11) a CUT encabeça o Dia Nacional de Mobilização em Defesa de #LulaLivre e também acontecerá em vários países da América Latina a Jornada Continental pela Liberdade de Lula. Mais detalhes nos próximos boletins.

 

Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

#Boletim 10 – 10/04/2018 – 10h45

 

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter