Cadastra-se para receber notícias
Caravana da Agricultura Familiar– ROSSETTO percorre o Rio Grande. BOHN GASS vai junto

20/07/2018 07:58

Tamanho da fonte

Caravana da Agricultura Familiar– ROSSETTO percorre o Rio Grande. BOHN GASS vai junto

// Desde a última quinta-feira (19) até o próximo dia 25 de julho, o pré-candidato do PT ao Governo do Estado, Miguel Rossetto, vai percorrer 19 municípios das Regiões Noroeste, Missões, Fronteira Noroeste, Celeiro, Palmeira, Altos da Serra e Alto Uruguai para debater o tema da Agricultura Familiar e o Desenvolvimento Regional. O deputado Bohn Gass, que acompanha todo o roteiro, destaca: “Andar pelo interior ao lado de Rossetto é constatar que todos os homens e mulheres que vivem da terra no Rio Grande, já foram alcançados por uma ou outra política pública criada por ele quando era ministro do Desenvolvimento Agrário. E se chegamos nas áreas urbanas, Rossetto é conhecido por ter sido vice-governador da gestão Olívio Dutra, quando o governo do Estado respeitava o povo gaúcho e mantinha com elas uma relação de muito respeito e atendimento às questões mais importantes como saúde, educação, segurança e geração de emprego.” O deputado estadual Jeferson Fernandes (PT) também está na Caravana de Rossetto e, para ele, "a ideia de destacar a agricultura familiar e o desenvolvimento regional nesse roteiro demonstra o quanto o pré-candidato do PT conhece a realidade do Rio Grande profundo. Somos, no nosso interior, essencialmente homens e mulheres do campo. Mesmo os que vivem nas áreas urbanas, guardam hábitos e valores aprendidos na terra. Mas o interior gaúcho precisa e já produz desenvolvimento para gerar empregos e melhores oportunidades aos seus moradores. Por isso, a proecupação de Rossetto está correta", diz Jéferson.

 De sua parte, Rossetto manifesta: “Trabalhei diretamente na realização de projetos importantes para os pequenos e médios produtores brasileiros. Estivemos juntos na elaboração do Plano Safra e no Seguro da Agricultura Familiar. As atividades da Caravana servirão para entender as dificuldades atuais do trabalhador e da trabalhadora rural e as questões mais prementes da agricultura familiar. Falaremos também do Desenvolvimento Regional em encontros com servidores da educação e saúde, trabalhadores da terra e do comércio, cooperativados e pequenos produtores”, na anuncia Rossetto, que foi Ministro do Desenvolvimento Agrário, do Trabalho e da Secretaria-Geral de Governos das gestões de Lula e Dilma, além de já ter sido, també, vice-governador do Estado na gestão Olívio Dutra e deputado federal.

Nos dois primeiros dias, a Caravana passou por Cruz Alta e Ijuí. Sobre a terra de Érico Verissimo, atualmente governada pelo prefeito Vilson Roberto dos Santos (PT), Rossetto registrou:

“CRUZ ALTA é terra de gaúchas e gaúchos determinados e trabalhadores! Terra da CCGL Alimentos e da Cooperativa Regional da Reforma Agrária Mãe Terra (Cooperterra). Nesse importante e querido município, de mais de 60 mil habitantes, temos uma unidade da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS) e o Polo de Modernização Tecnológica do Alto Jacuí, na Unicruz. Apesar da forte crise de emprego que atinge a região, assim como a todo o estado e ao país, a Administração Popular de Cruz Alta, do nosso companheiro prefeito Vilson Roberto, vem agindo para enfrentar e superar as dificuldades. Mas sabemos que os municípios, como Cruz Alta, precisam do trabalho coordenado do governo do estado do RS e do governo federal. Por isso, vamos discutir alternativas e soluções para o desenvolvimento regional.”

Na passagem por Ijuí, onde foi ciceroneado, entre outros, pelo vereador Beto Noronha (PT), Rossetto disse:

IJUÍ é uma terra querida que conta, hoje, com quase 90 mil habitantes, está no roteiro da nossa caravana. Em 2015, como ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, durante o governo da presidenta eleita Dilma Rousseff, recebi reivindicações de lideranças de Ijuí no sentido da instalação do curso de medicina na Unijuí e pela instalação de campus da Universidade da Fronteira Sul no município - demandas importantes para o desenvolvimento local e regional e que precisam ter andamento. Durante os governos de Dilma e Tarso, Ijuí foi o município que mais inscreveu projetos no Programa Segunda Água - que estimulou a construção de cisternas, microaçudes e tecnologias sociais de captação de água da chuva em propriedades de agricultores familiares que se encontravam na faixa da extrema pobreza. Nossas experiências de governo mostram que é urgente e possível retomar o desenvolvimento regional com políticas públicas que ajudem os que mais precisam e que estejam voltadas para a inclusão social de agricultores.”  

Compartilhe:

  • Facebook
  • Share on Twitter