Rádio Gaúcha
PrDeputado federal Bohn Gass fala sobre a reforma do IR
Deputado federal Bohn Gass fala sobre a reforma do IR 17/08/2021 by Rádio Gaúcha

Partido dos Trabablhadores
Preço do gás de cozinha aumenta três vezes mais do que a inflação
“POR QUE O PREÇO DO GÁS DE COZINHA FOI DE R$ 45 PARA + DE R$ 100? Pq Bolsonaro dolarizou os preços para agradar acionistas privados da Petrobras. E pq ele está destruindo a maior empresa brasileira. Mas, cínico, ele discursa acusando governadores, o frete (?) e as revendedoras”, acusou o líder da bancada petista na Câmara dos Deputados, Bohn Gass (RS) em postagem no Twitter na última sexta-feira (13).

UOL
Resista, Cármen! Só apuração prévia de live bandida, como quer Aras, é nada
Um grupo de deputados do PT — Alencar Santana Braga, Henrique Fontana Júnior, Rogério Correia De Moura Baptista, Elvino José Bohn Gass, João Somariva Daniel, Pedro Francisco Uczai, Leonardo Cunha de Brito, Érika Jucá Kokay, Arlindo Chinaglia Júnior e Nilto Ignácio Tatto — entrou no STF com uma notícia-crime contra o presidente Jair Bolsonaro em razão da sua live desastrosa de 29 de julho. A relatora é a ministra Cármen Lúcia.

Agência Câmara de Notícias
Coligações são maior polêmica na discussão da reforma eleitoral em 2º turno
O líder do PT, deputado Bohn Gass (RS), defendeu a manutenção do acordo que manteve o sistema atual de eleição de deputados e vereadores – o voto proporcional. A diferença é que, no sistema atual, as cadeiras são divididas de acordo com o voto recebido pelos partidos e, no “distritão”, seriam eleitos os mais votados, como são eleitos senadores.

Democracia Socialista
A gasolina caríssima e os interesses nacionais | Elvino Bohn Gass
Artigo

Revista Fórum
Zanin responde a economista do Santander que defendeu golpe contra Lula
O Partido dos Trabalhadores (PT) representou contra o economista do Santander. O texto assinado pelos deputados federais Elvino Bohn Gass (PT-RS), Alencar Santana (PT-SP) e Reginaldo Lopes (PT-MG) diz que o economista, “munido da sanha antidemocrática que se abate sobre uma parcela de néscios que aflorou no País nos últimos anos, na condição de economista do Banco Santander, enviou um relatório a clientes e operadores da referida Instituição bancária, onde defende, sem maiores preocupações, talvez substanciado nos exemplos diários que partem inclusive do Chefe da Nação, um golpe de Estado no País, para evitar o retorno, pelas vias democráticas, que se avizinha, do Presidente Lula”.

Rede Brasil Atual
Governadores, STF e Congresso reagem a abusos do bolsonarismo
 “Falta o presidente Arthur Lira abrir um processo de impeachment, que é a única forma segura de garantir a democracia.” Como ele, o deputado Bohn Gass (PT-RS), líder do partido na Câmara, afirma que será um “desrespeito” de Braga Netto ao Parlamento se não for à Câmara. “Estaremos aguardando o ministro amanhã”, diz.

Carta Capital
PT pede que MPF investigue analista que mencionou golpe contra Lula
A representação é assinada pelo líder do PT na Câmara, deputado Bohn Gass (PT-RS), e outros integrantes como os deputados federais Alencar Santana (PT-SP) e Reginaldo Lopes (PT-MG), que pedem a “abertura de procedimento investigatório criminal com vistas a apurar as condutas perpetradas pelo representado e, ao final, se for o caso, a propositura da ação penal cabível”.

O Globo
Na Câmara, Arthur Lira imprime ritmo veloz a projetos controversos
“Abrir o painel de votação ainda na orientação dos líderes é votar às cegas. Sem contar que o Parlamento virou um chancelador de propostas do Bolsonaro, um apêndice do Executivo” — diz o líder do PT, Bohn Gass (RS).

Rede Brasil Atual
Deputados vão ao MPF contra economista do Santander que sugeriu golpe contra Lula
Os deputados federais do PT Bohn Gass (RS), Alencar Santana Braga (SP) e Reginaldo Lopes (MG) entraram com uma representação no Ministério Público Federal (MPF) contra o economista ligado ao banco Santander Victor Candido. Em um relatório enviado a clientes e operadores do mercado financeiro, ele falou sobre a possibilidade de um golpe contra o retorno do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao governo federal.

PT na Câmara
PT votou a favor da federação partidária, que assegura o pluralismo político e aperfeiçoa a democracia
O líder do PT, deputado Bohn Gass (RS), encaminhou o voto favorável da bancada e afirmou que a federação, que é uma luta antiga, é diferente da coligação, “sobre a qual nós temos posicionamento contrário, por se tratar de uma aliança momentânea, sem tantos critérios programáticos”. Já a federação, explicou, é uma aliança em cima de um programa; é a construção de frentes programáticas com identidades, não apenas eleitorais.

O Brasilianista
PEC dos Precatórios começa a andar na Câmara
“O governo tem conseguido aprovar as suas pautas aqui. Não pode a Câmara dos Deputados achar tudo isso normal e não se posicionar contra as atitudes do governo. A Câmara deveria reagir, não aprovando as pautas como elas chegam. Infelizmente ainda não vemos essa mudança de postura em relação ao governo”, apontou o deputado Bohn Gass (RS) líder do PT na Casa. O deputado avalia que a reformulação do Bolsa Família deve ser usada como “chantagem” para aprovar um calote.

O Rio Branco
Presidente do Senado chama de “retrocesso” a volta das coligações
De acordo com os parlamentares que apoiaram o destaque foi a solução “menos pior”. “O PT tem uma decisão partidária que é contrária à coligação, para nós reduzirmos os partidos. Por isso nós manifestamos publicamente a nossa posição contrária às coligações. Mas aqui está em debate isto que nós fizemos: a apresentação do acordo político para evitar o mal maior, que é a volta do distritão”, disse o líder do PT na casa, deputado Bohn Gass.

UOL
Deputados vão ao MPF contra analista que compartilhou relatório contra Lula
A representação é assinada por Bohn Gass (PT-RS), Alencar Santana Braga (PT-SP) e Reginaldo Lopes (PT-MG).

UOL
Câmara adia votação em 2º turno da reforma eleitoral para próxima terça
Ao deixar a reunião de líderes na segunda-feira (9), o líder do PT na Câmara, deputado Bohn Gass (RS), afirmou que havia oferecido à relatora o possível apoio do partido em favor do voto proporcional, mas a condicionante seria o fim do modelo do distritão, o que acabou acontecendo.

Gazeta do Povo
Câmara dos Deputados aprova projeto que permite a federação de partidos
Já aprovada pelo Senado em 2015, a proposta segue agora para a sanção presidencial.​ “A federação permite uma aliança em cima de um programa e não apenas de um projeto eleitoral de momento. É isso que a sociedade precisa”, defendeu o líder do PT na Câmara, Bohn Gass (PT-RS).

Rede Brasil Atual
Com ‘contratação’ sem carteira assinada, ‘minirreforma’ trabalhista vai ao Senado
“Toda vez que tem uma reforma na casa, o governo mente pro povo brasileiro, criticou o deputado Bohn Gass (PT-RS), citando as “reformas” trabalhista e previdenciária. “Iam gerar emprego, a economia ia crescer e atrair investidores. Mentiram. É um precarização completa”, acrescentou. 

Isto É Dinheiro
Lira afirma que projeto do IR será votado nesta quinta-feira na Câmara
“Não. A tributária já está há duas semanas. Já era para ter entrado na primeira semana após o recesso”, disse o presidente em plenário em resposta ao líder do PT, Bohn Gass (RS).

PT na Câmara
Líder do PT denuncia: distritão ataca direitos dos eleitores e ameaça a democracia
O líder do PT na Câmara, Elvino Bohn Gass (RS), qualifica como deplorável a proposta de adoção do sistema de “distritão” nas eleições para deputados e vereadores. De forma intempestiva, este tema foi incluído na pauta da Câmara na sessão de hoje (11).

Conexão Política
Veja os 7 deputados que votaram contra cassação de Flordelis
Bohn Gass (PT-RS) – votou sim

Painel – Folha de São Paulo
Mudança que Lira fez no regimento para frear oposição travou bolsonaristas na PEC do voto impresso
Líder do PT, Bohn Gass (RS) apontou infração e impediu adiamento de votação da proposta

Partido dos Trabalhadores
Minirreforma trabalhista é crime contra a juventude brasileira
“O desfile real que o Bolsonaro está mostrando para o País, mas que quer esconder com isso, é o aumento do desemprego e da miséria. E esse projeto, em vez de ser um apoio ao emprego, na verdade, é uma Carteira Verde e Amarela que fragiliza e precariza o emprego”, criticou o líder da Bancada do PT, deputado Bohn Gass (PT-RS), fazendo um trocadilho com o desfile militar protagonizado por Bolsonaro na manhã de hoje (10).

Blog do Esmael
Arthur Lira surpreende ao anunciar votação da reforma eleitoral na calada da noite
O líder do PT, Bohn Gass (RS), disse que a sessão está irregular e pediu a suspensão imediata da sessão desta noite.

Congresso em Foco
Governo desidratou, avalia oposição sobre derrotas no distritão e voto impresso
O líder do PT optou por usar o verbo “enterrar” para se referir ao feito. “Enterramos o voto impresso e o distritão. Já destruíram muita coisa no Brasil, mas retrocesso não conseguiram”, comentou o deputado Bohn Gass (PT-RS).

Política Livre
Mudança que Lira fez no regimento para frear oposição travou bolsonaristas na PEC do voto impresso
O deputado Bohn Gass (RS), líder do PT na Câmara, apontou que após as mudanças no regimento avalizadas por Lira o pedido de adiamento só era admitido caso houvesse alterações no texto da PEC. Como não era o caso, então o presidente da Câmara não poderia abrir votação.

Valor Econômico
Pressão das redes subverteu orientação dos partidos
Apesar de reconhecer o placar inferior ao esperado, o líder do PT na Câmara, Elvino Bohn Gass (RS), preferiu comemorar a derrota de Bolsonaro, que precisava de 308 votos e ficou bem aquém. “O governo Bolsonaro parou o país, abandonou o povo em meio à crise, para tratar de uma bobagem e foi derrotado em sua principal bandeira e na Casa onde o bolsonarismo é mais forte hoje.”

Pioneiro
Como o skate, que brilhou nas Olimpíadas, é visto em Caxias do Sul
Então, o grupo de skatistas obteve um importante retorno para a continuidade dessa luta. O vereador Lucas Caregnato (PT), junto com o Deputado Federal Elvino Bohn Gass (PT), conseguiu a aprovação de uma emenda parlamentar que concede uma verba de R$ 250 mil para construção de Pista de Skate e Praça, na cidade. O espaço onde será aplicado o valor ainda está em discussão com a Smel.

Rede Brasil Atual
Câmara cassa o mandato de Flordelis, acusada de mandar matar o marido
Assim como ela, o líder do PT na Casa, Bohn Gass (PT-RS) postou “URGENTE! A Câmara acaba de cassar o mandato da deputada bolsonarista Flordelis por 437 votos a 7”.

Carta Capital
Bolsonaro insistirá no voto impresso e no discurso golpista, avaliam deputados
O líder do PT na Câmara, Bohn Gass, avalia que Bolsonaro “precisa alimentar debates na sociedade a partir deste tipo de bobagem”. Para o deputado, o presidente usará do discurso para “desviar atenção do caos e corrupção do seu governo”.

PT na Câmara
Programa do governo que substitui Bolsa Família é mais uma farsa de Bolsonaro, denuncia Bohn Gass
O líder do PT na Câmara, Elvino Bohn Gass (RS), criticou hoje (10) o anúncio do governo Bolsonaro de acabar com o programa Bolsa Família e substituí-lo por um novo chamado Auxílio Brasil, sem valor exato, nem fontes de recursos e com redução do número de beneficiários.

Leia Já
Confira como votaram os deputados na PEC do voto impresso
Confira abaixo como cada deputado votou:
Bohn Gass (PT) – Não

Partido dos Trabalhadores
Aprovado em Comissão, “distritão” é atentado à democracia
Perplexos com o conteúdo apresentado pela relatora, deputada Renata Abreu, a presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), o líder do partido na Câmara, deputado Elvino Bohn Gass (RS), e o vice-líder da Minoria na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT-RS), alertaram para o desastre que a proposta representa do ponto de vista do retrocesso e da ameaça à democracia.

Rede Brasil Atual
Câmara aprova MP de redução de jornada e salário, que incluiu ‘minirreforma’ trabalhista
“Esse projeto deveria um apoio ao emprego, mas na verdade é uma carteira verde e amarela que fragiliza os empregos”, criticou Bohn Gass (PT-RS).

Correio do Povo
Voto impresso: veja como votaram os deputados gaúchos
NÃO (7):
Afonso Motta (PDT)
Bohn Gass (PT)
Fernanda Melchionna (PSol)
Henrique Fontana (PT)
Marcon (PT)
Nereu Crispim (PSL)
Paulo Pimenta (PT)

Isto É Dinheiro
Derrota de Bolsonaro: Voto impresso é rejeitado na Câmara
Os líderes do Governo e do PSL, Ricardo Barros (PP-PR) e Vitor Hugo (PSL-GO), tentaram evitar o encerramento do debate, mas não conseguiram. Em outro esforço, tentaram adiar a discussão, mas o deputado federal Bohn Gass (PT-RS) lembrou a Lira que o regimento não prevê adiamento quando não há modificações no texto. Também foi aprovado, contra a vontade do PSL e do governo, um requerimento para votar a PEC em dois turnos de uma só vez.

Correio Braziliense
Debate sobre voto impresso na Câmara começa a toque de caixa
Porém, o líder do PT, deputado Bohn Gass (RS) entrou com uma questão de ordem alertando que os parlamentares fizeram mudanças no regimento e que o requerimento de adiamento só poderia ser aceito e votado se ocorressem mudanças no texto. O irônico é que a mudança foi feita para prejudicar a minoria, que utilizava dos requerimentos de adiamento para prolongar os debates no plenário e forçar acordos. Lira aceitou a questão de ordem e derrubou o requerimento.

Congresso em Foco
“O objetivo de Bolsonaro é perder por maioria”, diz líder do PT na Câmara
O deputado Bohn Gass (PT-RS), líder de seu partido na Câmara, disse que a PEC 135/2019, do voto impresso, deverá ser votada e derrubada nesta terça-feira (10) pelos deputados.

PT na Câmara
Comissão aprova um novo sistema político-eleitoral que ameaça à democracia; PT votou contra
Perplexos com o conteúdo apresentado pela relatora, deputada Renata Abreu, a presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), o líder do partido na Câmara, deputado Elvino Bohn Gass (RS), e o vice-líder da Minoria na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT-RS), alertaram para o desastre que a proposta representa do ponto de vista do retrocesso e da ameaça à democracia.

DL News
Militares farão desfile de blindados por Brasília em meio a declarações golpistas de Bolsonaro
“Nossa resposta será a derrota do voto impresso, diz o líder do PT na Câmara, Bohn Gass (RS).

Dourados Agora
Câmara conclui votação de projeto que permite a privatização dos Correios
Emenda do deputado Bohn Gass (PT-RS) pretendia aumentar de 18 para 60 meses a garantia de emprego dos trabalhadores dos Correios no caso de desestatização e exigir da nova controladora garantia real para as dívidas trabalhistas e para com o fundo de previdência complementar Postalis e o plano médico Postal Saúde;

Brasil 247
PT quer explicação de Braga Netto sobre desfile de blindados em Brasília no dia da votação da PEC do voto impresso
O PT também quer ter acesso a dados sobre custos com diárias, combustíveis, nomes dos comandantes envolvidos e o motivo da operação.  “Os tanques vão distribuir alimentos? Carregarão vacinas? Ou vão só gastar combustível?”, questionou pelo Twitter o lídero do PT na Câmara, deputado Bohn Gass (PT-RS).

Revista Fórum
Contra tanques e intimidação de Bolsonaro, oposição prepara ato na rampa do Congresso Nacional
O líder da bancada do PT na Câmara, deputado Elvino Bohn Gass (RS), prepara nesta segunda-feira (9) um requerimento de informações a ser enviado ao ministro da Defesa, general Braga Netto, para que ele explique a manobra militar planejada em Brasíia.

UOL
Lira inclui PEC do voto impresso na pauta de amanhã da Câmara
Com relação à PEC 125, que visa instituir o modelo de distritão no Brasil e que deverá ser votado na comissão especial nesta semana, o deputado Bohn Gass (PT-RS) sinalizou que a oposição tentará convencer o presidente Lira a mudar o projeto do distritão para retornar o modelo de coligações proporcionais, que vigorou no Brasil até 2017.

Agência Câmara de Notícias
Câmara discute com médicos e gestores a situação da saúde no Brasil
O debate foi sugerido por 18 deputados: o líder do PT, Bohn Gass (RS); o líder do PSB, Danilo Cabral (PE); o líder do bloco Pros, PSC, PTB, Aluisio Mendes (PSC-MA); o líder do Cidadania, Alex Manente (SP); o líder do PDT, Wolney Queiroz (PE); o líder do PSD, Antonio Brito (BA); o líder do MDB, Isnaldo Bulhões Jr. (AL); o líder do PP, Cacá Leão (BA); Odorico Monteiro (PSB-CE); Pedro Westphalen (PP-RS); Jandira Feghali (PCdoB-RJ); Erika Kokay (PT-DF); Alexandre Padilha (PT-SP); Dra. Soraya Manato (PSL-ES); Carmen Zanotto (Cidadania-SC); Jorge Solla (PT-BA); Adriana Ventura (Novo-SP) e Dr. Luiz Antonio Teixeira (PP-RJ).

Partido dos Trabalhadores
Decisão de Lira sobre “voto impresso” alimenta delírio golpista
O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Bohn Gass (RS), pelas redes sociais, afirmou que “levar a PEC do voto impresso ao plenário depois de a comissão especial já ter rejeitado o tema por ampla maioria, é submeter a Câmara dos Deputados aos delírios de um presidente genocida, corrupto e mentiroso”.

Brasil 247
O fanfarrão golpista, mentiroso e inimigo da nação
Artigo: Só manifestos não bastam. É preciso ir às ruas, com mobilização maciça dos movimentos sociais, sindicais e populares, para que seja dado um basta às tentativas de desestabilização institucional

PT na Câmara
Bolsonaro é um fanfarrão golpista, mentiroso e inimigo da nação, afirma líder do PT na Câmara
Em artigo para a revista eletrônica Focus, da Fundação Perseu Abramo, o líder do PT na Câmara, deputado Elvino Bohn Gass (RS), afirma que as falas levianas do presidente Bolsonaro sobre o voto eletrônico, muito mais do que ataques ao Tribunal Superior Eleitoral, a um ou outro ministro, são agressões que ele faz contra todo eleitor. 

Revista News
Políticos reagem a decisão de Lira de pautar voto impresso no plenáriFeirão Colonial de Santa Maria ganha equipamentos no valor de R$ 350 mil
 entrega dos equipamentos e mobílias ocorreu de forma paralela ao Feirão Especial dos Pais. Também foram até o Centro de Economia Solidário Dom Ivo Lorscheiter o deputado estadual Valdeci Oliveira, o deputado federal Elvino Bohn Gass

Poder 360
Políticos reagem a decisão de Lira de pautar voto impresso no plenário

O líder do PT na Câmara, Bohn Gass (RS), declarou que “levar a PEC do voto impresso ao plenário depois de a comissão especial já ter rejeitado o tema por ampla maioria, é submeter a Câmara dos Deputados aos delírios de um presidente genocida, corrupto e mentiroso”.

Gazeta do Povo
PEC da Reforma Administrativa é boa ou ruim para o combate à corrupção? Entenda o debate
“Essa emenda constitucional vai ficar conhecida como a ‘PEC da Rachadinha’. (…) O que o Bolsonaro quer é exatamente que haja possibilidade de indicações para apadrinhar o serviço público, submetê-lo ideologicamente”, afirmou o líder do PT na Câmara, Bohn Gass (RS), na sessão da CCJ que aprovou a PEC.

Brasil 247
Coalizão Negra lança campanha “Reforma Racista Não” com ato na Câmara e reuniões com parlamentares e ministros do STF
A comitiva esteve também com a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PT/PR); com o líder da bancada petista, Elvino Bohn Gass (PT/RS); com a liderança do PCdoB, deputado Orlando Silva (PCdoB/SP); com o vice-líder do PSB, deputado Bira do Pindaré (PSB/MA) e com a líder do PSOL, deputada, Talíria Petrone (PSOL/RJ). Os representantes da Coalizão Negra realizaram ainda diálogo com a relatora da proposta da PEC de Reforma Eleitoral, deputada Renata Abreu (PODEMOS/SP), e com o presidente da Comissão que discute o Novo Código Eleitoral, Jhonatan de Jesus (Republicanos/RR).

Agência Câmara de Notícias
Câmara aprova projeto que permite a privatização dos Correios
Emenda do deputado Bohn Gass (PT-RS) pretendia aumentar de 18 para 60 meses a garantia de emprego dos trabalhadores dos Correios no caso de desestatização e exigir da nova controladora garantia real para as dívidas trabalhistas e para com o fundo de previdência complementar Postalis e o plano médico Postal Saúde;

Agência Câmara de Notícias
Seguridade aprova extensão rural como serviço de assistência social
A medida está prevista no Projeto de Lei 4327/12, do deputado Bohn Gass (PT-RS), e recebeu parecer pela aprovação do relator, deputado Jorge Solla (PT-BA).

PT na Câmara
“O povo vai pagar a conta”, lamenta Bohn Gass sobre a aprovação de projeto que abre caminho à privatização dos Correios
O líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Elvino Bohn Gass (RS), afirmou durante pronunciamento na tribuna da Câmara que a privatização dos Correios vai trazer inúmeros prejuízos ao País e à população brasileira. Entre os retrocessos, o parlamentar ressaltou o aumento no valor da entrega das encomendas por todo o País e os gastos adicionais para o governo – bancados pelo contribuinte – com o custo de serviços que hoje são prestados pelos Correios, como a entrega das provas do Enem e de urnas eletrônicas nas eleições. O projeto de lei que permite a privatização foi aprovado no plenário da Câmara com 286 votos favoráveis e 173 contrários.

Congresso em Foco
”É um casuísmo oportunista”, diz líder do PT sobre distritão
Ao Insider, o líder do PT, deputado Bohn Gass (RS), afirma que o método de discussão da PEC é um problema, mas que o conteúdo do texto é ainda pior. ”É um casuísmo oportunista”, critica. A pressa e a falta de transparência das discussões da proposta têm sido criticadas por parlamentares e por organizações da sociedade civil. Nesta quarta-feira (4), a comissão chegou a iniciar sessão às 22h50 para debater o tema.

Poder 360
Congresso apresentou pelo menos 9 projetos de vale-gás na pandemia
O líder do PT na Câmara, Bohn Gass (PT-RS), disse ao Poder360 que a bancada do partido não tem preferência por nenhum projeto. O objetivo, afirma, é fazer com que Bolsonaro cumpra a promessa de campanha de reduzir o preço do botijão de gás para R$ 35.

UOL
Oposição manifesta solidariedade a Barroso e diz que decisão é do Congresso
Além de Molon e Ramos, assinam a nota Marcelo Freixo (RJ), líder da Minoria na Câmara; Arlindo Chinaglia (PT-SP), líder da Oposição no Congresso; Lucas Vergílio (Solidariedade-GO), líder do Solidariedade; Alex Manente (Cidadania-SP), líder do Cidadania; Bohn Gass (PT-RS), líder do PT na Câmara; Wolney Queiroz (PDT-PE), líder do PDT na Câmara; Talíria Petrone (Psol-RJ), líder do Psol na Câmara; Renildo Calheiros (PCdoB-AL), líder do PCdoB na Câmara; Danilo Cabral (PSB-PE), líder do PSB na Câmara; e Joênia Wapichana (Rede-RO), líder da Rede na Câmara.

Rede Brasil Atual
Câmara aprova texto-base da privatização dos Correios. ‘Dia de luto para o Brasil’
O deputado Bohn Gass (PT-RS) reforçou a fala do colega e acusou o governo Bolsonaro e o Centrão de atentar até mesmo contra a lógica capitalista, sob justificativa de beneficiar a todo custo uma elite empresarial.

Carta Capital
Oposição quer sepultar voto impresso antes da proposta chegar ao Plenário
O líder da bancada do PT na Casa, Bohn Gass (RS), declarou a CartaCapital que o “esforço é evitar ir ao Plenário sem ter sido votado na comissão”. Rogério Correia (PT-MG) acrescentou que o objetivo “é sepultar na comissão”, porque no “Plenário é correr muito risco”.

WH3.com.br
Deputado de SC vai ao STF contra Bolsonaro
Além de Uczai, assinam a petição os deputados Alencar Santana (PT-SP), Henrique Fontana (PT-RS), Rogério Correia (PT-MG), Bohn Gass (PT-RS), João Daniel (PT-SE), Leo de Brito (PT-AC), Erika Kokay (PT-DF), Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Nilto Tatto (PT-SP).

O Globo
Braga Netto se nega a informar à Câmara número de punições no Exército nos últimos 10 anos
O ministro da Defesa respondeu a requerimento do deputado Bohn Gass (PT-RS), aprovado pela Mesa Diretora da Câmara. O petista pediu as estatísticas das punições nos últimos 10 anos.

Metrópoles
Em carta, vice da Câmara e oposição repudiam Bolsonaro e apoiam Barroso
O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), e líderes de oito partidos de oposição no Congresso prestaram solidariedade ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, devido aos ataques proferidos pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Revista Fórum
Comissão da Câmara convoca Braga Netto para explicar ameaça às eleições
Apesar da negativa do ministro, a informação gerou inúmeras iniciativas de parlamentares, entre elas as quatro ações que Gilmar Mendes enviou à PGR. As ações foram apresentadas pela deputada Natália Bonavides (PT-RN), pelos deputados Bohn Gass (PT-RS), Paulo Teixeira (PT-SP), Alexandre Frota (PSDB-SP) e pelo advogado Ronan Wielewski Botelho.

Revista Fórum
Ciência contra o ódio: Edinho Silva e Bancada do PT reagem a agressões bolsonaristas
A Bancada do PT na Câmara dos Deputados manifesta seu apoio e solidariedade ao Prefeito Edinho Silva de Araraquara, vítima de ataques de bolsonaristas e de grupos opositores que desde o início da pandemia tentam criar descrédito ao governo municipal e instabilidade no município.

Valor Econômico
Parcelamento deve enfrentar resistência dos professores
A oposição já prepara o discurso contra a PEC e o líder do PT, deputado Elvino Bohn Gass (RS), diz que o governo precisa encontrar um meio de honrar os precatórios. “Querem fazer chantagem, mas o discurso de que não tem Bolsa Família se não tiver a PEC não cola. Na hora de conceder benesses como o duplo teto para os militares eles não pensam nos mais pobres.”

A Tarde
Deputados do PT acionam STF contra Bolsonaro por uso da TV Brasil em live
Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, a notícia-crime foi apresentada por Alencar Santana (PT-SP), Henrique Fontana (PT-RS), Rogério Correia (PT-MG), Bohn Gass (PT-RS), João Daniel (PT-SE), Pedro Uczai (PT-SC), Leo de Brito (PT-AC), Erika Kokay (PT-DF), Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Nilto Tatto (PT-SP).

Revista Fórum
Pressão: Bolsonaro coloca Fábio Faria em cadeia nacional para defender a privatização dos Correios
Pelas redes sociais, o líder da bancada do PT na Câmara, deputado Elvino Bohn Gass (PT-RS), protestou: ” O ministro das Comunicações vai para a TV, diz que os Correios são uma empresa histórica do Brasil e que é preciso preservá-los. Por isso, o governo do genocida vai… liquidá-los. É uma fala mais do que cínica. É farsesca, enganadora, cretina mesmo”.

Observatório da TV
Deputados do PT acionam STF contra Bolsonaro por uso da TV Brasil em live
Segundo a colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, a notícia-crime foi apresentada por Alencar Santana (PT-SP), Henrique Fontana (PT-RS), Rogério Correia (PT-MG), Bohn Gass (PT-RS), João Daniel (PT-SE), Pedro Uczai (PT-SC), Leo de Brito (PT-AC), Erika Kokay (PT-DF), Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Nilto Tatto (PT-SP).

O Documento
Deputados do PT acionam STF contra Bolsonaro por uso da TV Brasil em live
Entre os signatários estão os deputados Alencar Santana (PT-SP), Henrique Fontana (PT-RS), Rogério Correia (PT-MG), Bohn Gass (PT-RS), João Daniel (PT-SE), Pedro Uczai (PT-SC), Leo de Brito (PT-AC), Erika Kokay (PT-DF), Arlindo Chinaglia (PT-SP) e Nilto Tatto (PT-SP).

Partido dos Trabalhadores
Artigo: A agricultura familiar e o jaguncismo de Bolsonaro, por Bohn Gass

“Lula sim, sem mentiras e sem gastar dinheiro do contribuinte para disseminar violência, mostrou uma imagem de respeito à verdade e à realidade”, afirma o líder do PT na Câmara dos Deputados

PT na Câmara
Bohn Gass repudia ‘jaguncismo’ de Bolsonaro e destaca papel da agricultura familiar para a alimentação do povo brasileiro
O líder do PT na Câmara, Elvino Bohn Gass (RS), repudiou mensagem divulgada nesta semana pelo governo neofascista Bolsonaro na qual se tentou associar os agricultores a jagunços e pistoleiros, com o objetivo de chamuscar a imagem de um setor que produz 70% dos alimentos consumidos pelo povo brasileiro.

Revista Fórum
A agricultura familiar e o jaguncismo de Bolsonaro 
Por Elvino Bohn Gass*
Mais um absurdo foi praticado pelo governo neofascista Bolsonaro no Dia do Agricultor, comemorado em 28 de julho. A Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) do governo publicou foto de um suposto agricultor com uma espingarda no ombro em meio a uma plantação.