Comecei o dia 29 com a minha gente da agricultura familiar. Encontro com três trabalhadoras rurais: Diana Hahn Justo (presidenta STR Torres), Denise Souza (presidenta STR Três Forquilhas) e Jaqueline Gomes (secretária STR Três Forquilhas).

Conosco, Aristides Santos, presidente da Contag , Eugenio Zanetti, vice-presidente da FETAG/RS, João Fernandes, da Emater, e Samuel Santos, que hoje se licenciou da presidência do STR de Santo Antônio da Patrulha para ser pré-candidato a deputado estadual. Pelo PT.

O Samuel foi quem juntou toda essa gente. E a conversa foi, claro, sobre o tema prioritário de nossas vidas: defesa, respeito e apoio à agricultura familiar – leia-se, dignidade ao povo que trabalha na terra. Não será fácil. Bolsonaro abandonou a agricultura familiar. Precisaremos reconstruir as políticas, garantir recursos, viabilizar a compra de insumos (caríssimos, porque dolarizados, como a gasolina e o diesel) e assegurar os direitos previdenciários do povo rural, sempre sob ameaça em governos não populares.

Compartilhe

No responses yet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.